quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Instituições de Direito - 27/08/2015

Instituições de Direito - 27/08/2015

Direito Constitucional

Direitos e garantias constitucionais

Capacidade
  • Capacidade civil das pessoas naturais (ou físicas)
    • Absolutamente incapazes
      • menores de 16 anos
      • são representados
      • os que por causa transitória não puderem exprimir a sua vontade (devido a um acidente, doença, perda de memória, por exemplo).
    • Relativamente incapazes
      • maiores de 16 e menores de 18 anos
      • são assistidos
      • os ébrios habituais (pessoas que bebem com frequência) são relativamente incapazes
      • os pródigos (dilapidam o patrimônio, vendem o patrimônio, jogam fora, gastam tudo e deixam a família desamparada) são relativamente incapazes - prodigalidade é uma doença
      • toxicômanos (dependendo do grau a pessoa pode ficar absolutamente incapaz)
    • Emancipação
      • idade mínima - 16 anos
      • casamento
      • por ordem judicial ou interesse dos pais
      • colação de grau em curso de ensino superior
      • a pessoa ter por economia própria sociedade civil ou por herança
      • efetivo exercício de função pública
    • Personalidade - a pessoa passa a ser sujeito de direito
Fatos
  • São acontecimentos
  • Há previsão legal, são embasados em lei
  • Se não são previstos na norma jurídica, são fatos meramente sociais
  • Exemplos de fatos jurídicos (não dependem da vontade humana):
    • morte
    • nascimento
Atos
  • O ato visa a adquirir, modificar, transferir, resguardar ou extinguir direitos.
  • O ato é proveniente da vontade humana.
Negócio
  • Depende da vontade humana
  • É uma espécie de ato
  • O negócio visa a adquirir, modificar, transferir, resguardar ou extinguir relações jurídicas (direitos e obrigações).
  • Uma das formas de extinção contratual é a morte.
  • Elementos componentes do negócio jurídico:
    • agente capaz
    • objeto legal, lícito
    • forma prescrita (forma prevista) em lei
Pessoa jurídica
  • Direito Público
    • União (ministérios e secretárias - a personalidade jurídica é a União), Estados, Distrito Federal, Municípios, Autarquias e Fundações Públicas
  • Direito Privado:
    • Sociedades, associações, partidos políticos e entidades religiosas.
  • Associação é diferente de sociedade empresária - as associações não possuem finalidade lucrativa (filantrópicas). Sociedade civil é registrada em cartório. Sociedade empresária é registrada na junta comercial.
  • Pessoas jurídicas de direito público externo:
    • ONU, Santa Sé, países estrangeiros.
  • Toda pessoa jurídica de direito pública é criada por lei e só pode ser extinta por lei.
  • Empresas públicas
  • Sociedades de Economia mista (público e privado)
  • Sociedade anônima (capital privado)
Responsabilidade Civil
  • culpa
    • negligência
    • imprudência
    • imperícia
  • dolo
  • Responsabilidade objetiva
    • independe de culpa
    • Exemplo:
      • Código do consumidor, relação de consumo do Estado e suas concessionárias
        "Art. 37. A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e, também, ao seguinte: (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)"
        "§ 6º As pessoas jurídicas de direito público e as de direito privado prestadoras de serviços públicos responderão pelos danos que seus agentes, nessa qualidade, causarem a terceiros, assegurado o direito de regresso contra o responsável nos casos de dolo ou culpa."
      • ambiental
      • na ordem econômica
  • Responsabilidade subjetiva
    • depende da vontade do agente
  • Responsabilidade contratual
    • previsão em contrato
  • Responsabilidade extracontratual
    • "Art. 186. Aquele que, por ação ou omissão voluntária, negligência ou imprudência, violar direito e causar dano a outrem, ainda que exclusivamente moral, comete ato ilícito."
Capacidade
  • Capacidade civil
  • Capacidade postulatória - ir a juízo defender alguém (só para advogados)
Direito Constitucional
  • Emenda à Constituição
  • Lei
Lucas T R Freitas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que a estrada se abra à sua frente,
Que o vento sopre levemente em suas costas,
Que o sol brilhe morno e suave em sua face,
Que a chuva caia de mansinho em seus campos,
E, até que nos encontremos, de novo, que Deus lhe guarde nas palmas de suas mãos!


Obrigado pelo seu comentário.

Curso Planejamento Estratégico para Empreendedores - SEBRAE

Certificado de conclusão do curso Planejamento Estratégico para Empreendedores - SEBRAE. Lucas Tiago Rodrigues de Freitas -- // -- D...